Florbela Espanca
uma mulher extraordinária

Feliz Ano Novo 2021

Desejo ardentemente um ano novo repleto das maiores felicidades.
Florbella

SER POETA

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Charneca em Flor, 1931

Nova coleÇÃo

Florbela Espanca Shop

Deixe-se seduzir pela nossa poetisa

Pesquise aqui

Florbela Espanca e a sua Família

Ser diferente era, para Florbela sinónimo de orgulho. E essa diferença foi claramente influenciada pelo meio familiar, sobretudo pela figura do pai,
João Maria Espanca, também ele dedicado às artes, assim como o adorado irmão Apeles.

Florbela Espanca - vídeo

Clique aqui para ver o vídeo

Para perguntas, escreva-nos!

Aguardamos com expectativa a sua resposta!

Escreva-nos!

Obrigado! O seu envio foi recebido!
Oops! Alguma coisa correu mal ao submeter o formulário.